Referência em cursos de Gestão Empresarial | Área do Cliente | Meus Cursos

O6RAJN0-pq

Gestão de auditorias com base na ISO 19011

A importância das auditorias no processo de controles internos ou externos de uma organização é bastante conhecida. Ou seja, trate-se de uma empresa pública ou privada, é por meio do exame dos demonstrativos contábeis, do diagnóstico dos procedimentos operativos e da avaliação dos livros, balanços e registro que uma instituição pode ter um panorama geral do seu funcionamento e determinar o que deve ser feito para corrigir desvios e falhas.

Independente do tipo de auditoria, interna ou externa, ambas as modalidades têm um objetivo comum: trabalhar e comprovar todos os documentos obrigatórios, empregar técnicas de verificação e brindar informações fidedignas em relação ao estado atual da instituição. Na verdade, ambos os segmentos visam melhorar a eficiência e a eficácia dos empreendimentos e ratificar toda e qualquer informação apresentada.

O que é a ISO 19011

A ISO 19011 faz parte de um contexto mais amplo, da ISO 9000. Esta última é, precisamente, a norma que regula o vocabulário dos sistemas de Gestão da Qualidade. De fato, a ISO 9000 não se destina a certificar um sistema específico e sim a deixar claro para as instituições quais são os seus objetivos quando buscarem este certificado e qual é o vocabulário adequado que deve ser empregado no processo.

A primeira edição da norma ISO 19011 foi publicada em 2002, a partir daí, novas normas relacionadas ao sistema de gestão foram incorporadas. As novas inserções de procedimentos passaram a considerar um leque mais amplo. Antes, considerava exclusivamente a gestão de qualidade e meio ambiente, agora, pode ser aplicada a sistemas de gestão de múltiplas naturezas.

É neste contexto onde se incluem as instituições que aplicam sistemas de gestão organizacionais que requerem a realização de auditorias de seus sistemas de gestão, seja em função de exigências de contrato ou regulamento interno.

A ISO 19011 e as auditorias

Talvez as maiores vantagens do uso da ISO 19011 seja o fato de que esta norma contempla orientações sobre termos específicos que devem ser usados, quais são os princípios do processo, como proceder com a gestão de programas de auditoria, o que é importante ser esclarecido nas reuniões, quais são as informações que precisam estar registradas nos relatórios finais e quais são as orientações gerais e específicas para criar um plano de auditoria.

Ou seja, se antes cada profissional procedia conforme sua metodologia particular de “fiscalização”, agora, o procedimento tende a ser padronizado e facilmente interpretado por terceiros ou futuros envolvidos nos controles. De fato, se não há padronização em um processo tão significativo, torna-se mais difícil realizar análises mais à frente, executar, comunicar e interpretar os dados recolhidos inicialmente.

Entre os princípios da aplicação da norma em questão, também podemos encontrar contribuições valiosas, tais como:

Conduta ética: sobre a postura que o auditor deve apresentar antes, durante e depois do processo de auditoria.

Apresentação Justa: sobre a obrigação de constituir os relatos somente em função de dados exatos, sem que se modifique nenhuma informação.

Devido Cuidado Profissional: sobre a importância de manter o foco e aplicar corretamente seus conhecimentos como auditor, sem jamais deixar de lado nenhum procedimento necessário.

Independência: sobre a idoneidade do profissional auditor, que não deve atuar em setores com os quais tem algum envolvimento e, igualmente, ser totalmente imparcial e objetivo

Abordagem Baseada em Evidências: Não dar margem a suposições e somente atuar com base em dados concretos. Ou há informações suficientes ou é impossível determinar a veracidade de um processo.

Entre os usuários da ISO 19011, encontramos auditores, chefes de equipes de auditores, avaliadores, gerentes do programa, as próprias organizações que optam por implementar sistemas de gestão e quaisquer outras instituições que precisem proceder com auditorias nos seus sistemas de gestão.

Você já conhecia a ISO 19011? Sentiu alguma dificuldade ao implementá-la? Quer conhecer mais? Fale conosco!

Tags: ISO 19011

Deixe um comentário

Biblioteca ISO Biblioteca ISO