Referência em cursos de Gestão Empresarial | Área do Cliente | Meus Cursos

topo-modulo-VI

O encantamento de gestores e empresários pelo método, esquecendo que o resultado, na grande maioria dos negócios, é infinitamente mais relevante que o esforço.

Na história temos muitos ditados que não são 100% válidos, alguns paradigmas também precisam ser reavaliados, pois podem ser causas de insucessos gerenciais. Sabemos que a quantidade de motivos ou causas para as organizações de alguns países não serem competitivas é muito grande, portanto, não vamos esgotar o assunto, vamos nos ater às mais influentes nos sistemas de gestão. Para que possa haver tempo para reflexão sobre os assuntos abordados estaremos divulgando em 7 módulos:

 

Nesta semana estamos divulgando o módulo VI, que trata sobre o encantamento de gestores e empresários pelo método, esquecendo que o resultado, na grande maioria dos negócios, é infinitamente mais relevante que o esforço.

 

Módulo  VI

Algumas empresas destes países “se encantam mais com a rede do que com o mar” no momento de estruturar o seu sistema de gestão. Vejamos: um Sistema de Gestão da Qualidade existe para que a organização:

a.Determine os requisitos que devem ser atendidos (dos clientes, regulamentares, acionistas, sociedade, empregados, outros);

b.Entenda os requisitos que devem ser atendidos;

c.Atenda aos requisitos que devem ser atendidos.

Portanto, o índice de qualidade, mesmo que não precise ser medido, será a relação entre requisitos atendidos e que devem ser atendidos.

Não levando estas informações em consideração muitas organizações se comprometem com muitos requisitos que muitas vezes caíram de paraquedas, surgiram do nada ou de uma situação que acontece muito raramente, ou para atender, e se, e incluem estes compromissos aumentando o custo e não agregando valor nenhum.

Toda decisão deve ser tomada baseada em fatos e dados, antes de se comprometer, avaliar se realmente é necessário. Exemplo: A norma ABNT NBR ISO 9001:2015 não cita a matriz SWOT para gerar evidência de atendimento dos requisitos 4.1 e 4.2, mas caiu de paraquedas, muitas organizações utilizam este método como se a norma exigisse.

Com quanto menos a empresa se comprometer (mínimo possível necessário) menor possibilidade de falhas e menor custo.

 

Você acabou de ler o módulo VI, na próxima semana estaremos divulgando o módulo VI que trata sobre a importância para um país que os milhões de ordinários tenham competência e caráter suficiente, do que meia dúzia de extraordinários iluminados.

Deixe um comentário

Biblioteca ISO Biblioteca ISO